18 de maio de 2018

Courtney Barnett - Tell Me How You Really Feel (2018)

"Tell Me How You Really Feel" segundo disco solo da Courtney Barnett saiu oficialmente hoje para audição.

O disco soa uma boa sequência do anterior "Sometimes I Sit And Think And Sometimes I Just Sit" lançado em 2015 com a guitarra surgindo mais agressiva em algumas faixas e, no geral, com o tom roqueiro predominante acompanhado da voz sobressalente de Courtney Barnett dispensando doçuras do pop.

Os singles que antecederam o disco foram: Nameless, Faceless, Need a Little Time e City Looks Pretty.

Leia Mais »

15 de maio de 2018

Beach House - 7 (2018)

Parece que o Beach House é a mais nova banda queridinha do pedaço, há mais tempo eu diria, já que a banda está fazendo discos relevantes desde o início da carreira.

Como previsto com os singles lançados, Lemow Glow, Dark Spring e Dive, o novo disco do Beach House, "7", é um fortíssimo candidato a disco do ano por entregar excelência aos nossos ouvidos. O dream-pop encontra-se lapidado e embora carregue traços do passado ele soa perfeitamente atual com um véu psicodélico envolvendo o álbum.

Esse pode ser um dos futuros clássicos do dream-pop!

Leia Mais »

8 de maio de 2018

Iceage - Beyondless (2018)

"Beyondless" é o quarto registro do quarteto dinamarquês Iceage, um tiro certeiro no post-punk. Costuma-se brincar chamando de "nervoso" quando uma banda calibra no instrumental para soar destoante e barulhento nesse estilo. Com relação ao Iceage essa denominação é mais que apropriada.

O registro traz todos os atributos de um bom post-punk: robusto, agressivo, sufocante e outros mais que você consiga destacar no estilo. Uma das melhores canções do álbum é a parceria da banda com a Sky Ferreira na faixa Pain Killer. Ela traz uma singela linha de metais que dá um divertido up na música. Além dela destacam-se: Hurrah e Thieves Like Us.

Imagina uma dobradinha do Preoccupations com o Iceage! A gente financia.

Leia Mais »

7 de maio de 2018

Twin Shadow - Caer (2018)

"Caer" é o quarto disco de inéditas do Twin Shadow. Quem pegou a fase inicial do cantor quando lançou o disco "Forget" (2010) estranha um pouco a nova fase do músico que envereda cada vez mais pro pop e eletrônico.

Os primeiros singles que antecederam o lançamento foram Saturdays (feat. HAIM), Little Woman e Brace (feat. Rainsford). Isso bastou para mostrar as tendências que o cantor iria seguir no disco. Cada faixa parece confirmar que o pop e suas adjacências fazem cada vez mais parte da carreira trilhada pelo Twin Shadow.

Confira na íntegra logo abaixo.


Leia Mais »

26 de abril de 2018

Alexis Taylor - Beautiful Thing (2018)

Já não é de hoje que Alexis Taylor, mentor do Hot Chip, segue uma proposta diferente a banda em sua carreira solo. "Await Barbarians" e "Piano" foram duas provas disso.

Seu novo disco, "Beautiful Thing", segue a mesma premissa dos anteriores de não ser uma sombra do Hot Chip. Nele, Alexis esboça um som eletrônico ainda intimista, levemente dançante, mas livre para explorar sons meio experimentais pra não cair numa linearidade com seu piano. 

Roll On Blank Tapes com sons desconexos enroscado no arranjo da música é um bom exemplo disso em contraste com a melancolia metódica de A Hit Song e Oh Baby.

Confira o registro na íntegra a seguir.

Leia Mais »

20 de abril de 2018

Kate Nash - Yesterday Was Forever (2018)

Quem conheceu a Kate Nash em seu primeiro disco, "Made Of Bricks", sabe que aquela cantora que tocava piano e fazia aquelas músicas chicletes hoje já não existe mais. A nova Kate Nash, rebelde, começou a se desenhar ainda no segundo disco "My Best Friend Is You" e veio à tona no sucessor "Girl Talk".

O quarto álbum da cantora, "Yesterday Was Forever", é mais uma demonstração da mudança de visual em todos os sentidos. Sonoramente falando Kate Nash abandonou seu piano e começou a descer o braço na guitarra chegando a lembrar Best Coast, por exemplo. Logo de cara a faixa Life In Pink mostra isso criando um pop agressivo com pitadas do rock de garagem se espalhando pelo refrão. Isso se repete em quase todo o disco.

"Yesterday Was Forever" tem 14 faixas e nasceu graças a uma campanha de crowdfunding no site Kickstarter e foi lançado oficialmente em 30 de Março. Ouça na íntegra logo abaixo. 

Leia Mais »

13 de abril de 2018

Manic Street Preachers - Resistance Is Futile (2018)

Uma das clássicas bandas do rock alternativo, o Manic Street Preachers, acaba de chegar ao décimo terceiro álbum de estúdio com o "Resistance Is Futile" em uma carreira praticamente ininterrupta.

O disco foi lançado oficialmente hoje, 13 de Abril, e chegou com uma versão especial repleta de demos do próprio disco. Apesar de não alterar a fórmula de seus últimos registros, o Manics tem entregado expressivos discos na esfera roqueira com um lado melódico acentuado mostrando sua força e "doçura" ao mesmo tempo. 

Em "Resistance Is Futile" isso continua se destacando. Enquanto o conjunto guitarra, baixo, bateria e a voz de Bradfield preservam a identidade roqueira do grupo assumindo também o lado melódico, tons orquestrais inseridos no arranjo ressaltam esse viés.

Leia Mais »
Copyright © Música Café
Editado Por Moisés Lima | Tecnologia do Blogger
    Facebook Twitter Tumblr Instagram LastFM