Facebook SDK


2019 foi o sexto ano do Música Café e contabilizados 277 discos internacionais ouvidos. Durante o ano a playlist de músicas favoritas no Spotify e Deezer chegou a 122 músicas adicionadas com muitas faixas gringas e um mix da nossa brasilidade.

Seguindo o padrão adotado nos últimos anos selecionei os 10 melhores álbuns internacionais de 2019. Antes dela, deixo aqui as menções honrosas ao "i,i" do Bon Iver, "This Is How You Smile" do Helado Negro, "Magdalene" da FKA Twigs, "All Mirrors" da Angel Olsen e "The Best Of Luck Club" da Alex Lahey.

Vamos a lista!

10.
Michael Kiwanuka - KIWANUKA

O terceiro disco do cantor manteve a qualidade de seus outros trabalhos. Kiwanuka entendeu bem suas essências e soube usar a potência de sua voz para expor todo o seu talento. É um dos melhores cantores soul atualmente.

Stream: Spotify | Deezer | Youtube Music

09.
DIIV - Deceiver

A mistura do shoegaze e dream-pop do DIIV funcionou muito bem no "Deceiver". Ruídos despontam em meio a distorção sonora e os vocais tratam de amaciar o som na medida para equilibrar as coisas.

Stream: Spotify | Deezer | Youtube Music

08.
Big Thief - Two Hands

O Big Thief foi uma das bandas mais hypadas em 2019. Foram dois discos lançados, o "U.F.O.F." e o "Two Hands". O segundo se sobressai pelos hits, harmonia e melancolia numa estética lo-fi que se arrasta pelo disco.

Stream: Spotify | Deezer | Youtube Music

07.
Moon Duo - Stars Are The Light

O disco do Moon Duo foi uma grata surpresa. Na correria de ouvir um disco atrás do outro o "Stars Are The Light" me fisgou som sua psicodelia pop cheia de hits. É uma deliciosa viagem no tempo entre o passado e o presente.

Stream: Spotify | Deezer | Youtube Music

06.
Chromatics - Closer To Grey

"Closer To Grey" agrada com facilidade. As batidas eletrônicas e guitarras suavizadas dão a elegância necessária para acompanhar o charme sussurrante dos vocais de Ruth Radelet.

Stream: Spotify | Deezer | Youtube Music

05.
Nick Cave And The Bad Seeds - Ghosteen

Demorei pra perceber a profundidade que Nick Cave embarcou no "Ghosteen". Antes tarde do que nunca! O músico conseguiu fazer mais uma obra complexa ao mesmo tempo que tocante.

Stream: Spotify | Deezer | Youtube Music

04.
Aldous Harding - Designer

A Aldours Harding fez o fino do indie pop em "Designer". Ela refinou aquilo que já sabia fazer para entregar algo delicadamente deslumbrante nessa esfera pop onde muita coisa é pré-fabricada hoje em dia.

Stream: Spotify | Deezer | Youtube Music

03.
The National - I Am Easy To Find

O The National nos conduziu para seu lado mais sensível passeando pelos sentimentos de melancolia e de esperança, em um trabalho delicado, por muito elegante.

Stream: Spotify | Deezer | Youtube Music

02.
Tindersticks - No Treasure But Hope

"No Treasure But Hope", décimo segundo disco do grupo, entrega mais uma experiência sentimental sublime. Eu fiquei muito feliz de ver que uma das bandas preferidas da casa tinha feito um dos álbuns do ano.

Stream: Spotify | Deezer | Bandcamp

01.
Weyes Blood - Titanic Rising

"Titanic Rising" é o disco do ano! Nele, a Weyes Blood entregou um pop cheio de sensibilidade, melódico com toques de sofisticação. Um disco encantador!

Stream: Spotify | Deezer | Youtube Music


Aqui uma playlist que resume bem a lista dos dez melhores discos internacionais de 2019. Ah! Aproveitem o espaço para comentar qual foi seu top 10.

> Os Dez Melhores Discos Nacionais de 2019


Postagem Anterior Próxima Postagem