Resenha » The Dandy Warhols - Why You So Crazy (2019) | MÚSICA CAFÉ

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Resenha » The Dandy Warhols - Why You So Crazy (2019)

    fevereiro 07, 2019   Sem Comentários

Aos poucos os bons discos de 2019 começam a aparecer e pode-ser dizer que o novo registro da The Dandy Warhols é um desses.

O veterano grupo americano completa este ano 25 anos de carreira chegando ao seu décimo disco de estúdio chamado "Why You So Crazy", um disco de múltiplas facetas por assim dizer. Após uma breve recitação no início em Fred N Ginger, o The Dandy Warhols começa com uma batida metódica em Terraform repetindo várias vezes a letra da música.

A coisa começa a ficar interessante mesmo em Highlife com uma estética retrô que remete aos anos 60 tanto na melodia como nos vocais de Zia McCabe. Na sequência um dos singles do disco, o hit Be Alright que ganhou um clip no formato 360º, complementa a música anterior com um ritmo roqueiro linear e a rouquidão de Courtney Taylor nos vocais. Até aqui as coisas andam muito próximos.



Já em Thee Elegant Bum, começamos a ver o disco tangenciar para outros lados e ritmos. Isso fica mais evidente em Sins Are Forgiven quando o grupo emplaca uma melodia country (americana). Ligeiramente o Dandy Warhols faz a gente imergir em tais mudanças sem causar danos a audição do disco, mesmo quando o contraste soa gigantesco como a obscura Next Thing I Know e a pop Small Town Girls.

Fazer as canções soarem diferentes entre si definitivamente é a premissa desse disco do The Dandy Warhols. Percebam como To The Church soa experimental a nível das anteriores com ruídos intrometendo o tempo todo nos arranjos para destoar propositalmente. É curioso como isso acontece de forma suave sem causar a impressão de ser outra banda e como o disco acaba não sendo cansativo por isso. De forma inesperada, como várias músicas no disco, a faixa Motor City Steel volta a trazer o clima retrô visto em Highlife com uma aparência mais divertida.

A penúltima faixa, Forever, se encaixa bem na proposta. Bom, seria redundância dizer que a próxima faixa soa diferente de todas as outras? Pois bem, o The Dandy Warhols poderia encerrar o disco de um jeito parecido com outra música, mas seguindo a premissa do disco eles resolveram emplacar uma sofisticada música clássica, só no dedilhar no piano, no apagar das luzes. Bravo!

Nenhum comentário:
Escreva um comentários

© 2013 - 2019 MÚSICA CAFÉ | Designed by Bloggertheme9 | Powered by Blogger