Os Dez Melhores Discos Nacionais de 2018 | MÚSICA CAFÉ

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Os Dez Melhores Discos Nacionais de 2018

    dezembro 13, 2018   Sem Comentários

Bem, hora de passar a régua em 2018 concluindo com as tradicionais listas de Melhores do Ano. Esse ano o blog Música Café chegou ao quinto ano de existência na base do "faça você mesmo" totalizando 900 postagens mesmo elas não terem sido tão frequentes assim esse ano.

O fato é que esse ano mais discos nacionais foram resenhados, ainda que não muitos, mas foram mais se comparado as resenhas de discos internacionais. Foram quase 100 discos nacionais ouvidos, embora tenham sido lançados muito mais.

A lista a seguir contém os dez melhores discos dentro daquilo que escutei ao longo do ano. (Para ver a lista com os dez melhores discos internacionais clique aqui)

10. Lonely Me - Twisted Sad Machines
-
O Lonely Me, do Rio de Janeiro, é o projeto do músico Val Waxman que faz as aparências lo-fi divagaram pelos ruídos do noise e dissonância do shoegaze construindo melodias nostálgicas repletas no registro "Twisted Sad Machines".

Ouça: Bandcamp | Spotify | Deezer

09. E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante - Fundação
-
"Fundação" mescla timbres agressivos graças ao instrumental robusto e outros mais suaves provenientes da proposital quebra de ritmo para dar uma equilibrada no conjunto e novos rumos no disco. Rock instrumental de qualidade!

Ouça: Bandcamp | Spotify | Deezer

08. Lestics - Breu
-
Far Niente é uma das responsáveis pela a escolha do "Breu", novo disco do Lestics, como um dos Melhores Nacionais. "uma balada cuja melodia cativante carrega um sentimento não muito esperançoso: a preguiça promete à vergonha que o dia seguinte vai ser diferente".

Ouça: Bandcamp | Spotify | Deezer

07. Adorável Clichê - O Que Existe Dentro de Mim
-
Um dos discos do ano que mistura shoegaze e dream-pop! A cartilha do dream-pop e shoegaze é seguida ao pé da letra com nove faixas barulhentas executadas num ritmo explosivo e voz ecoante. Rolou até entrevista com a banda aqui.

Ouça: Bandcamp | Spotify | Deezer
06. Kassin - Relax
-
Kassin já é um veterano na música. Espera-se dele discos de bom pra cima. "Relax" cumpriu essa premissa entregando uma sonoridade pop de qualidade por vezes até nostálgica como a própria Coisinha Estúpida versão dele com a Clarice Falcão.

Ouça: Bandcamp | Spotify | Deezer

05. Gal Costa - A Pele do Futuro
-
"A Pele do Futuro" teve a difícil missão de suceder o elogiado "Estratosférica" da Gal Costa. Mas logo de cara com a faixa Sublime esse peso foi desaparecendo. No disco Gal conduz uma pluralidade sonora nostálgica e atual com direito a dueto com Marília Mendonça.

Ouça: Spotify | Deezer | Youtube

04. Mahmundi - Para Dias Ruins
-
Uma das coisas legais na Mahmundi é sentir como a imagem alegre e divertida dela dialoga com suas músicas. "Para Dias Ruins" pode não ter a mesma quantidade de hits que o primeiro álbum, mas é igualmente bom.

Ouça: Spotify | Deezer | Youtube

03. ruído/mm - A é Côncavo, B é Convexo
-
O novo disco da ruído/mm veio manter o post-rock tupiniquim na alturas. Após quatro anos desde o "Rasura", a elogiada banda manteve a qualidade de seu som instrumental cheio de camadas e texturas que nos levam a passar por variados ambientes.

Ouça: Soundcloud | Spotify | Deezer

02. Lupe de Lupe - Vocação
-
A Lupe de Lupe é aquela banda sincerona, sem frescuras, que faz música pro "povão". "Vocação" veio carregado de revolta, mensagens fortes e reflexivas sem se ater muito a questão harmônica. Ruídos aqui são prioridades. No meio ao caos surgiu a belíssima Terra.

Ouça: Bandcamp | Spotify | Deezer
01. Manoel Magalhães - Consertos Em Geral
-
Manoel Magalhães era do Harmada e "Consertos Em Geral" é seu debut solo. Um disco cativante conduzido pelo timbre grave de Manoel que cantarola seus versos de um jeito cadenciado para sermos capaz de entendermos as letras e os sentimentos por trás delas.

Ouça: Spotify | Deezer | Youtube


Confira a playlist da lista com uma música de cada disco.


Nenhum comentário:
Escreva um comentários

© 2013 - 2019 MÚSICA CAFÉ | Designed by Bloggertheme9 | Powered by Blogger