16 de outubro de 2014

Música Café Indica: Ourlives

A Islândia é o tipo de país que a maioria das pessoas tem uma simpatia danada seja pelas suas belezas naturais e pela música que é produzida lá cheia de singularidade como o som magistral do Sigur Rós, a excentricidade da Björk, a delicadeza da Amiina e o do Múm além do pop radiofônico da Of Monster and Men.

Ainda nesse país de clima gélido resenhei aqui no blog o disco do cantor Àsgeir, In The Silence, coisa fina que une o folk e o eletrônico. Agora mais uma banda oriunda de lá vem nos proporcionar um belo registro esse ano. A banda se chama Ourlives, da cidade de Reykjavík, e é composta basicamente por Leifur (vocal e guitarra) e Bjössi (baixo e teclado) acompanhados nas apresentações ao vivo por Garðar (bateria) e Hálfdán (baixo e guitarra).



Esse ano o grupo lança seu novo disco chamado "Den Of Lions" cheio de músicas boas. Com um ar singelo e melodias confortáveis a Ourlives faz o pop ecoar num plano etéreo, às vezes soando como uma baladinha, Out of Place e Blurry Eyes, que carregam tons emotivos nos vocais e nos arranjos enevoados condicionados pelo dream-pop. O pop é só um ponto de partida no trajeto que a banda percorre no disco pegando alguns atalhos do post-rock para elevar seu som a um patamar mais épico como nas faixas A Sight To See e principalmente em Where Is The Way? onde a banda submete descarrega um peso maior com as guitarras.

A música vinda da Islândia é sempre sinônimo de coisa boa e a Ourlives torna isso verdadeiro fazendo um som refinado que nos remetem a paisagens belíssimas tais como a da capa do disco. Veja o vídeo da faixa We Lost The Race, ouça o disco Den Of Lions disponível do Rdio e aumente sua admiração pela música produzida ali, na Islândia!