19 de novembro de 2013

Resenha: Vanguart - Muito Mais Que o Amor (2013)

"E na tua casa beijei tua alma
No apartamento fui teu sentimento
Cuidei da tua vida com amor e com calma
E ainda estou aqui"

- Hélio Flanders

Esses versos retirados da música Estive serve para identificar os sentimentos por trás do novo disco do Vanguart assinado como Muito Mais Que o Amor. Hélio Flanders e sua trupe encontrou no pop um terreno confortável para tocar o seu folk e pra falar de amor de uma forma mais lúcida e sincera. No seu terceiro disco, a banda criou uma textura homogênea recheada de baladas realçadas pela aura pop, desta vez, mais delineada pela banda.

As letras elucidam o amor e ganham vida com melodias cheia de entusiasmo. A flechada certeira do disco é a faixa Estive que carrega na sua fórmula violão e violino animados como se estivessem encenando uma serenata em plena luz do dia. A estratégia para criar um disco conciso além de bonito foi lançar pilares que fossem capaz de suportar todo o sentimento estampado nas músicas sem diluí-lo em algo totalmente meloso. Um desses pilares é a faixa Sempre Que Estou Lá quando o Vanguart pede emprestado algumas notas do brega para introduzir uma música festiva e um tanto dançante. Nessa música você é levado a crer que a banda apenas reconta uma história do brega, mas não, alguns segundos depois você se dá conta de que é o Vanguart encontrando outra maneira de entoar o amor.


Hora cantando em um tom de desapego na sofrida Pra Onde Eu Devo Ir, com Hélio dando uma esticada na voz amargurada, hora com um jeito virtuoso nas empolgantes Eu Sei Onde Você Está e Mesmo de Longe, o Vanguart vai enlaçando nossos corações com ritmos e poesias agradáveis. Muito Mais Que o Amor se distância do debut da banda e fica cara a cara com o segundo disco Boa Parte de Mim Vai Embora (2011), que tem uma pegada mais rockeira, entrando numa disputa sadia de qual é o melhor disco da banda.

Cada um dos discos do grupo tem uma essência diferente. Cada um demonstra consistência naquilo que eles apresentam. Desta vez, explorando uma sonoridade mais light e um campo afetivo mais forte, o Vanguart enriqueceu seu  legado de acertos com um belíssimo disco pra ser louvado e principalmente pra ser sentido!

Muito Mais Que o Amor (2013)
-
01. Estive
02. Demorou Pra Ser
03. Eu Sei Onde Você Está
04. Meu Sol
05. A Escalada das Montanhas de Mim Mesmo
06. Sempre Que Estou Lá
07. O Que Seria de Nós
08. Pelo Amor do Amor
09. Pra Onde Eu Devo Ir
10. Mesmo de Longe
11. Olha Pra Mim