12 de setembro de 2017

Emily Haines And The Soft Skeleton - Choir Of The Mind (2017)

Emily Haines, a título de curiosidade, nasceu na India e tem cidadania canadense, pode ser mais conhecida por ser vocalista do Metric e por integrar o Broken Social Scene, porém a sua carreira solo e outros projetos já tem longa data. Por si só ela lançou seu primeiro álbum em 1996, "Cut In Half And Also Double", bem antes da formação do Metric dois anos depois. Já assumindo o nome Emily Haines And The Soft Skeleton em 2006 ela lançou o disco "Knives Don't Have Your Back".

Esse ano ela apresentou "Choir Of The Mind", um disco à parte do que é feito pelo Metric trazendo um som refinado, um tipo de chamber-pop suave, que procura fugir do elementar com arranjos mais elaborados incluindo instrumentos clássicos como o piano.

Quem gosta de Feist e Regina Spektor, por exemplo, vai gostar de ouvir o novo trabalho da Emily Haines. Clique aqui pra ouvir o disco.

LEIA MAIS ›

1 de setembro de 2017

Filthy Friends - Invitation (2017)

O supergrupo Filthy Friends que traz integrantes da Sleater-Kinney, R.E.M., King Crimson e The Minus 5 lançou seu debut chamado "Invitation". Conheça um pouco mais sobre com o grupo se reuniu aqui.

O disco consiste numa pegada roqueira consistente que eventualmente pode relembrar as experiências de seus integrantes em suas bandas. A imagem do Sleater-Kinney se sobressai pela figura de Corin Tucker que assume os vocais em todas as faixas. 

Vale a pena conferir o registro.

LEIA MAIS ›

30 de agosto de 2017

The War On Drugs - A Deeper Understanding (2017)

O aguardado "A Deeper Understanding" do The War On Drugs já está disponível para audição na íntegra.

Como era de se esperar, graças as cinco músicas apresentadas anteriormente que deixaram uma boa expectativa pelo registro, o álbum traz um folk rock redondinho misturando um pouco do clássico com o moderno criando músicas que empolgam com facilidade.

É um álbum maduro que, sem dúvidas, irá figurar em algumas listas de Melhores do Ano por aí.

LEIA MAIS ›

24 de agosto de 2017

The Pains Of Being Pure At Heart - The Echo Of Pleasure (2017)

O quarto disco da banda The Pains Of Being Pure At Heart está disponível pra audição uma semana antes do seu lançamento oficial. O álbum é o sucessor de "Days Of Abandon" (leia a resenha aqui).

Em "The Echo Of Pleasure", o grupo segue explorando melodias com um teor cada vez mais pop e um viés eletrônico. Apesar de não abdicarem dos ruídos oriundos do shoegaze/dream-pop que caracterizou a banda logo no início da carreira em seu debut, homônimo, estes aparecem apenas para reforçar a postura que a banda assumiu.

É um disco bastante linear que pode impregnar fácil se seu ouvido tiver um filtro "noise meloso", mas também pode enjoar na mesma proporção. Confira na íntegra no player abaixo.



LEIA MAIS ›

14 de agosto de 2017

Charlie Fink - Cover My Tracks (2017)

Depois que o Noah And The Whale deu uma pausa na carreira após o último disco "Heart Of Nowhere" (2013), o vocalista da banda Charlie Fink resolveu investir mais em sua carreira solo que só contava com músicas soltas lançadas.

Seu primeiro disco chamado "Cover My Tracks" surgiu em 02 de Junho e pra quem gostava do Noah And The Whale não terá dificuldades pra curtir o álbum. Trata-se de onze faixas com um clima folk-acústico composto por Fink nos vocais e um instrumental singelo com violino e piano além do tradicional violão.

Charlie Fink convidou as meninas do The Staves e a guitarrista Laura Snowden para participar do disco.

Ouça:  I Was Born To Be a Cowboy, Orpheus Is Playing The Troubadour e Someone Above Me Tonight.

LEIA MAIS ›