2 de maio de 2017

Feist - Pleasure (2017)

O quinto disco da canadense Feist já se encontra disponível para audição. Ele saiu oficialmente em 28 de Abril.

"Pleasure" é um disco emotivo que evoca os extremos da cantora seja de um jeito brando no cantar como em Get No High, Get No Low e The Wind à exposição de sua revolta em Any Party e Century. Nele o pop não tem sua essência alterada, mas pode se apresentar de maneiras distintas de acordo com o espírito da cantora.



http://www.musicacafe.com.br/p/lojinha-musica-cafe.html
LEIA MAIS ›

4 de agosto de 2016

No Joy - Drool Sucker (2016)

O pop barulhento e disforme do No Joy está de volta em um novo EP de três músicas lançado mês passado, 15 de Julho. 

O novo material da banda, que lançou seu último disco no ano anterior, "More Faithful", chamasse "Drool Sucker" e nele o quarteto canadense liderado pelas meninas Jasamine White-Gluz e Laura Lloyd esbanjam vigor nas distorções do noise com uma ligeira influência shoegaze. 

São apenas três músicas (A Thorn In Garland's Side, XO Adams's Getting Married e Theme Song), mas que dizem muito sobre o som banda. Ouça logo abaixo!

LEIA MAIS ›

15 de maio de 2016

Lançamento » Andy Shauf - The Party (2016)

Andy Shauf é um cantor canadense de folk que está prestes a lançar seu segundo disco, "The Party". Uma característica do álbum é que ele traz uma sonoridade que nos remete a uma fase dos Beatles tocando na linha de Strawberry Fields Forever num formato baladinha folk. As três faixas iniciais, The Magician, Early To The Party e Twist Your Ankle, dá sentir o clima retrô nas melodias e nos vocais de Andy que acompanham a harmonia que as músicas seguem.

Um folk suave com um ar mais charmoso apoiado por um teclado que produz singelos efeitos nostálgicos é o que encontrarmos na música criada pelo Andy Shauf em seu disco "The Party" que vai sair em 20 de Maio, mas você escuta logo abaixo.



LEIA MAIS ›

23 de fevereiro de 2016

Lançamento » Sarah Neufeld - The Ridge (2016)

O novo álbum da violinista Sarah Neufeld, "The Ridge", já está disponível para audição e nele seu talento como musicista fica ainda mais exposto com arranjos polidos, cheios de nuances e mistérios, hora e outra ouvindo sua voz ecoar em meio as cordas de seu violino. Um exemplo maravilhoso disso é faixa-título já conhecida por nós onde Sarah nos encanta seja tocando ou cantando numa faixa arrebatadora de 8min.

Aqui ela minimiza a influência que o Arcade Fire poderia ter sobre ela e cria um disco mais conceitual e próprio. Há, na verdade, um paralelo sonoro com o projeto colaborativo dela com Colin Stetson que lançaram disco ano passado. Sarah conduz seu violino entre a música clássica, a barroca, a instrumental e a eletrônica criando cenários que reproduzem a trilha sonora de um sonho ou de um pesadelo inesquecível.

LEIA MAIS ›

11 de outubro de 2015

Música Café Indica: Under Electric Light

Um som que alia leveza e peso. É isso que a nova indicação aqui no blog tem a oferecer com o Under Electric Light, belíssimo projeto do canadense Danny Provencher. O músico cria uma atmosfera que propicia a união do dream-pop com o shoegaze e ecos do post rock havendo uma mudança climática entre suas canções. Os vocais enevoados pelas ondas etéreas se propaga em meio as melodias que nos conduzem por caminhos nublados onde o frio pode ser sentido através das notas.

Ao longo de sua carreira, Danny produziu quatro EPs e apenas um disco, o "Waiting For The Rain To Fall" de 2011, onde nele encontramos a belíssima faixa Wintertime. Ouça abaixo.



Esse ano ele apresentou seu novo EP chamado "Never Lose Another Day" de quatro faixas onde suas referências são compartilhadas: como o dream-pop na faixa Pieces Of Me, que já apareceu aqui na playlist especial dream-pop, e a paisagem desolada e densa do post-rock em ressonância com o shoegaze em Never Lose Another Day.

De melodias melancólicas e base etérea com vocais macios, o Under Electric Light é recomendado pra quem gosta de Air Formation, Highspire, à The Radio Dept ou pra quem quer escutar algo novo associado a dias chuvosos. Ouça o novo trabalho logo abaixo e não deixe de escutar os demais no Bandcamp.

LEIA MAIS ›